Os millenials estão chegando. Como isso afeta o email corporativo?

Muitas empresas estão contratando millenials este ano. Millenials são pessoas que nasceram a partir do ano 2000 e marcarão presença nos escritórios nos próximos dez anos.

No entanto, até hoje o principal método de comunicação corporativo ainda é o email. E, pelo que sabemos, os millenials são avessos ao email, preferindo muito mais a rapidez, o feedback imediato e a informalidade dos mensageiros instantâneos. Até o utilizam, devido à pressão do trabalho, mas não é a sua forma mais confortável de comunicação. Continue reading

Extensões do Google para o Firefox

O Google disponibiliza diversas extensões para o Firefox. Extensões, para quem não conhece, são pequenos add-ons (aplicativos complementares) que acrescentam funções para o Firefox, o browser (navegador de internet) mais queridinho dos antenados digitais.Duas delas são muito práticas para incrementar a produtividade online e, por tabela, interessam aos fãs do GTD. Instalei duas muito boas: Google Notebook e Google Sync.

O Google Notebook é o sonho de consumo de todo interessado em GTD. Você pode usá-lo com facilidade para controlar tarefas e guardar anotações – e usando, em conjunto, o Google Calendar para guardar compromissos. Com o apoio do Google Bookmarks, está bem perto de criar um Desktop Google online, similar ao Desktop Google instalado no PC que já tem.

Esta é a intenção óbvia do Google, e por isso desenvolveu uma planilha eletrônica, intitulada Google Spreadshet mas que ainda não está disponível para todos e também adquiriu o Writely, que é um excelente editor de texto online.

E o Google Browser Sync facilita em muito a vida daqueles que utilizam muitos micros. Falo mais dele embaixo.

Google Notebook Firefox Extension
http://www.google.com/notebook/download

Quem não conhece o Google Notebook não sabe o que está perdendo. Com ele você pode fazer anotações na Web, copiar páginas (e mantê-las arquivadas no Google, e não no seu computador), organizar listas de tarefas e anotações sobre tudo. Faz o que a extensão Scrapbook faz (uma ótima extensão, que pode ser obtida aqui ou aqui, mas com a vantagem de arquivamento online e mais flexibilidade de anotações, o que é muito melhor.

Google Browser Sync
http://www.google.com/tools/firefox/browsersync/

Você utiliza o Firefox em várias máquinas, talvez uma em casa e outro no trabalho? Ou tem um notebook e um desktop? Então já teve o dissabor de procurar um link em seu browser e este estava em outro computador… Ou está acostumado a uma determinada extensão, mas quando trocou de micro, esqueceu de instalá-la no outro.

Então, seus problemas acabaram! Com o Google Browser Sync, com apenas um clique toda a configuração de um micro será copiada para outro micro – cookies replicados, extensões instaladas, bookmarks, abas e janelas e até senhas e histórico de sites visitados. E tudo pela internet, sem o tedioso trabalho manual de transferência de configurações.

Sim, você tem que confiar que o Google cuidará de seus dados – todos os seus dados e senhas serão criptografados e arquivados nos servidores do Google. Mas se você já confia no GMail, você já está vendido ao Google mesmo…

Sempre que o seu browser iniciar, a extensão checará os dados. E com um clique em um link na barra de menu, você sincronizará os micros – que já devem ter sido configurados para partilhar uma mesma conta-Google, a mesma do GMail, Orkut etc.

Evidentemente você só deve instalar tal extensão em micros que só você utilize – seria um grande risco de segurança utilizá-la em micros compartilhados.

Acesso ao seu PC

A PC World acabou de publicar um artigo onde comenta vários sistemas de acessar todos os seus arquivos online. Como vocês já perceberam, sou fã deste tipo de solução.

A primeira das soluções apresentadas me pareceu a mais adequada: a Avvenu. Além de ser um software e um registro em princípio gratuito (não está claro no site de onde é que eles vão tirar a grana para bancar o serviço, mas, óbviamente, oferecerão sistemas multiusuários ou espaço no próprio servidor por um preço, depois de formarem um público usuário), ele permite acessar os seus arquivos seja por outro computador ou por dispositivos portáteis.

Os serviços são interessantes, se bem que um usuário com razoável conhecimento de informática pode fazer isso por conta própria, utilizando os serviços de acesso remoto VNC ou FreeNX. Como fazer isso é técnico demais para este tipo de blog, recomendo aos interessados pesquisar por estes termos.

No entanto, sabemos que um serviço só cai no gosto do público quando ele pode ser feito com apenas umas poucas configurações e cliques. Por isso saudamos as novas opções, que poderão servir para disseminar à massa dos usuários a cultura de “guardar em um só lugar-acessar de qualquer lugar”. Apesar de que ainda é muito inseguro que a base do arquivamento seja um micro pessoal.

Já comentei várias vezes dos perigos de confiar demais em um micro pessoal, cujo backup é esporádico e não passa por supervisão adequada. Com a facilidade de acessar o próprio micro, muitos profissionais optarão por deixá-lo ligado enquanto viajam, para acessar todos os seus arquivos à distância. E isto, em home-offices, é um perigo, devido à presença de crianças, além de riscos com flutuações de energia, desgaste etc. O ideal, ao contrário, é que uma empresa ou um usuário porte todos os seus arquivos para um servidor central, e que todas as cópias sejam sincronizadas por este, com backup 24 horas e garantia de 99,9% de permanência online.

O sistema Openomy , que oferece 1 Gb gratuito, e que já comentei antes, possui uma extensão que facilita transformá-lo em um drive virtual. Isto é, o arquivo é aberto como se o drive estivesse no próprio micro, e manipulado de forma transparente. E, quando se salva, ele é uploadeado e substitui o arquivo anterior. Parece-me uma forma bem mais adequada para se começar a garantir os seus arquivos digitais. Sim, eu sei que muita gente está fazendo isto através do GMail, com uma aplicação chamada GDrive ou uma extensão no Firefox intitulada GSpace , e assim obtém mais de 2,6 Gbytes gratuitos. Só que esta é uma gambiarra provisória, já que o GMail não oferece explícitamente este serviço e tolera mal e mal a desvirtuação do seu uso…

No mesmo assunto

Já se passou um bom tempo desde o último post, mas o assunto ainda é o mesmo: hd virtual. Ou melhor, espaço online para guardar arquivos. O último post foi extenso, mas, como não podia deixar de ser, não foi exaustivo. E uma das melhores soluções de espaço de arquivo não foi mencionada: o Openomy.

O Openomy – http://www.openomy.com – foi desenvolvido utilizando os sistemas da chamada web 2.0 (sistemas AJAX). E, por isso, promete ser muito melhor do que sistemas desenvolvidos pelos métodos antigos. Ele institui o sistema de tags (marcadores), ao invés de folders (pastas) e permite que sejam desenvolvidos aplicativos online específicos para cada cliente, pois segue um padrão aberto. E, além do mais, oferece 1 Gb gratuitamente. Impressionante. Deixa os outros a anos-luz de distância…

A interface é clean, tal qual o Google (mas nada a ver com a empresa) e o manuseio é muito rápido. Tem um sistema de busca de arquivos e a manutenção deles é facilitada. Recomendo aos que utilizam o 4Shared (que tem o inconveniente, no modo gratuito, de apagar os arquivos, se não forem mexidos por 30 dias) a optarem pelo Opennomy. Vão sair ganhando.